BYD fornecerá módulos fotovoltaicos para projeto no interior de São Paulo

Fundada em 1995, a BYD é uma empresa chinesa especializada em energia limpa e é considerada a maior fabricante mundial em baterias recarregáveis. Recentemente, a gigante global inaugurou mais uma unidade dentro da empresa, a de produção de painéis solares.

A empresa, que tem a matriz localizada em Shenzhen, abriu uma fábrica de painéis fotovoltaicos no início de 2017 na cidade de Campinas, São Paulo, e investiu cerca de 150 milhões de reais no negócio.

Em agosto do ano passado, a BYD anunciou o fornecimento de 180 MW em módulos fotovoltaicos para o grupo espanhol Cobra, que serão utilizados no projeto Guaimbé, interior de São Paulo. O grupo chinês espera que a instalação no projeto forneça energia a cerca de 60 mil casas após finalizado.

A BYD lançou também, em agosto de 2017, o primeiro ônibus elétrico nacional, esse que tem autonomia de até 300 quilômetros por recarga e possui um baixo custo de manutenção.

Com sistema de freio ABS nas rodas dianteiras e traseiras, o ônibus porta de uma estrutura com um material de alta resistência à torção e uso intensivo.

Segundo Adalberto Maluf, diretor de sustentabilidade e novos negócios da BYD, o custo do ônibus elétrico com ar condicionado é de aproximadamente R$ 600 mil reais.

A empresa anunciou também, no ano passado, que pretende começar a vender módulos fotovoltaicos fabricados localmente no Brasil nesse ano, visando o uso em projetos solares de geração distribuída.

Segundo Tyler Li, presidente da BYD no país, “O Brasil está entre os países com maior potencial de geração solar no mundo”, e completou, “Juntamente com a nossa ampla gama de veículos elétricos, com táxis elétricos e ônibus que já circulam nas cidades brasileiras, estamos efetivamente construindo um ecossistema de energia de emissão zero”.

 

Fonte: Ambiente Energia/ Transporte Moderno Online