Energia solar faz o sul do Piauí ganhar em produção agrícola e qualidade de vida

História de produtores rurais gaúchos que investiram no agronegócio em Bom Jesus será contada em programa especial do Dia do Piauí.

O sol como parte do desenvolvimento do Piauí é um dos destaques do especial ‘Piauí 195 Anos’ no sul do estado. Na região o sol impulsiona um campo novo para a energia fotovoltaíca, além de colaborar para a produção crescente de graõs, como a soja, em uma área econômica cada mais impulsionada pela tecnologia.
No especial que será exibido no dia 19 de outubro após o Piauí TV 1ª edição, a região de Bom Jesus passa por intensas transformações através da energia solar. As placas fotovoltaícas contribuem tanto para impulsionar indústrias relacionadas ao cultivo de soja, tanto quanto para melhorar a qualidade de vida da população com uma energia de qualidade e limpa no município de Bom Jesus.
O programa vai contar histórias de pessoas que contribuem para o crescimento do Piauí através do agronegócio. Depois de mostrar a história do primeiro homem que exportou a cera da carnaúba em Parnaíba, a vida de famílias que vivem da extração de palha da carnaúba em Campo Maior, a família que largou tudo em São Paulo para produzir mel em Picos e o professor universitário que incentiva a apicultura em Floriano, o programa vai à Bom Jesus.
Na cidade com o maior produto interno bruto (PIB) per capita do estado, aproximadamente R$ 45 mil, a equipe da TV Clube, sob o comando do repórter Alan Garcia, conversa com os produtores rurais que se mudaram para lá e investiram no potencial do cultivo de soja na região, onde, neste ano, espera-se que a colheita ultrapasse duas milhões de toneladas.
Dividido em três blocos e com 19 minutos de duração, o programa especial ‘Piauí 195 Anos’ vai ser exibido no Dia Do Piauí, depois do telejornal Piauí TV 1ª edição.

 

Fonte: G1.